terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

Impeachment não está pautado do ponto de vista jurídico, avalia ministro

O ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Edinho Silva, disse, que o Impeachment solicitado por parte das lideranças da oposição, contra a presidenta Dilma Rousseff não tem embasamento jurídico.

“O governo sempre vai lidar com as posições dos partidos de oposição de forma muito tranquila, não vai haver nenhuma anormalidade nisso. A questão do impeachment é uma bandeira político-partidária, já que do ponto de vista jurídico, de materialidade jurídica, essa questão não está pautada”, disse o ministro nesta noite em entrevista a jornalistas.
Segundo Edinho, os partidos têm direito de levantarem suas bandeiras, posições que são respeitadas pelo governo. “Eu penso que, no campo da oposição, nós temos lideranças que, independentemente da nossa posição política, de posição A, B ou C, são lideranças que têm uma história construída no país, uma biografia a zelar, a defender e um patrimônio político também a zelar”, disse. Ele disse que, em uma democracia, é importante que se conviva com a diferença.

“Cada um zela por aquilo que construiu. E a capacidade de cada um zelar por aquilo que construiu que vai dimensionar a sua postura enquanto estadista, enquanto liderança que pensa no Brasil, não só como um espaço de disputa conjuntural, mas também como um espaço de se construir histórias e biografias sólidas”, finalizou Edinho.

– Publicidade –

Outros destaques