terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Invocação do mal! Homem disse que estava possuído ao matar a esposa com 10 facãozadas

O caso do homem suspeito de matar a companheira com cerca de 10 facãozadas, na cidade de Vargem Grande, parece que ganhou mais capítulos. Saul Laurentino, delegado responsável pelo caso, revelou que durante uma entrevista, que o suspeito já tinha dado depoimento e confessou o crime, mas para espanto de toda a equipe policial, o homem disse que não se lembrava de nada e que estava possuído por um demônio. “Segundo ele, no momento do crime estava possuído e não lembra de quase nada. Ele também disse que a mulher dele ainda tentou agredir ele”, revelou o delegado.

Prisão

Após três dias de buscas, a polícia conseguiu prender o homem que seria o principal suspeito de ter assassinado a própria companheira na frente dos filhos, nesta quarta-feira (25), na cidade de Vargem Grande.

O suspeito matou a mulher, identificada como Euziane Conceição da Silva, com cerca de 10 golpes de facão, na manhã do último domingo (22).

Euziane da Silva teria sido assinada na frente dos filhos de três e setes no povoado Boi Manso, zona rural do município de Vargem Grande.

O crime

A vítima, identificada como Euziane Conceição da Silva, foi assassinada a facãozadas, na manhã deste domingo (22), no povoado Boi Manso, na zona rural de Vargem Grande, a 182 km de São Luís.

O autor do crime teria sido o próprio companheiro de Euziane, identificado como Marcelo de Sousa. Euziane foi morta dentro de casa na frente do filho de três anos, após uma discussão motivada por ciúmes.

Marcelo teria passado um período trabalhando em Goiás, e ao retornar, ele teria recebido informações de que a mulher teve relacionamento com outro homem e resolveu matá-la. Após a ação criminosa, o suspeito fugiu.

A Polícia Civil já deu início às investigações e trabalha para que o assassino seja preso.

– Publicidade –

Outros destaques