segunda-feira, 15 de julho de 2024

Janeiro já registra 11 mortes violentas, segundo SSP

Armas de fogo ainda são principal causa de morte; média é de quase 4 mortes por dia.

 

Onze mortes violentas já foram registradas neste mês de janeiro na Região Metropolitana de São Luís, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão.

 

A maioria das mortes (sete) foi causada por arma de fogo, mantendo a alta estatística de assassinatos causados a bala. Três mortes ainda estão sob investigação da polícia para saber o que as causou e uma, a do morador de rua Ivaldo Canário de Souza ocorreu em razão de ferimentos causados por queimaduras.

 

Veja, a seguir, o nome de cada uma das vítimas com o local dos crimes:

 

Homicídios dolosos

Dia 1 de janeiro

Max Wellington R. de Moraes; 23 anos; Arma de fogo; São Raimundo, São José de Ribamar

Wenderson da Conceição Lima; 20 anos; Arma de fogo; Cohafuma, São Luís

Raimundo Evangelista da Silva; 71 anos; Outros meios; Coroadinho, São Luís

 

Dia 2 de janeiro

Ivaldo Canário de Sousa; 37 anos; Queimaduras; Centro, São Luís

Sem identificação (sexo masc.);  idade não informada; Arma de fogo; Santa Bárbara, São Luís

Elielton José Cruz Lima; 25 anos; Arma de fogo; Quinta / Rio São João; São José de Ribamar

Wiken Ramon dos Santos Lima; 21 anos; Arma de fogo; Sol e Mar, São Luís

 

Lesão corporal seguida de morte

Carlos Henrique Silva Rodrigues; 22 anos; Arma branca; Jambeiro, São Luís

 

Intervenção policial

Sem Identificação (Sexo masculino); idade não informada; Arma de fogo; Liberdade, São Luís

 

Mortes a esclarecer com indícios de homicídio

Sem Identificação (Sexo masculino); Arma de fogo;

Antônio Carlos – 35 anos; Juçatuba, São José de Ribamar

– Publicidade –

Outros destaques