sexta-feira, 27 de janeiro de 2023

Lionel Messi levanta o último troféu que faltava em sua galeria

Capitão da Seleção da Argentina e campeão da Copa do Mundo de 2022, Lionel Messi levantou a taça que faltava em sua estante de troféus, ao acabar com o jejum de 36 anos dos hermanos, que tinham consquitado o título pela última vez em 1986, ainda com o ídolo Diego Maradona em campo.

Pela Seleção da Argentina, o craque entregou o título que faltava, após o vice-campeonato para a Alemanha em 2014. Depois da Medalha de Ouro na Olímpiada de Pequim, em 2008, Messi só foi levantar uma taça no ano passado, quando conquistou a Copa América, no Maracanã. Antes disso, amargava dois vices seguidos para o Chile.

Individualmente, venceu por sete vezes a Bola de Ouro e, pelos clubes, conquistou títulos principalmente pelo Barcelona, clube por onde ficou por 21 anos. Em 2021, foi para o Paris Saint-Germain, onde já conquistou dois títulos: o Campeonato Francês (2021/2022) e Supercopa da França (2022).

– Publicidade –

Outros destaques