segunda-feira, 8 de agosto de 2022

Maranhão passa a aplicar 2ª dose com Pfizer caso falte Astrazeneca

Em caso de falta de doses de Astrazeneca, cidades do Maranhão poderão aplicar 2ª dose da vacina contra a Covid-19 com Pfizer. A medida é chamada de vacinação heteróloga e sua realização foi comunicada na noite da segunda-feira (14) pelo secretário de Saúde do Estado, Carlos Lula.

A medida se deve à falta de doses de Astrazeneca em diversos estados do país e em alguns municípios do Maranhão. “Infelizmente o Ministério de Saúde tem atrasado a entrega das segundas doses, de modo que a gente teve a paralisação da vacinação em algumas cidades”, explicou o secretário.

O pedido foi feito também ao Brasil inteiro por meio do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), do qual Carlos Lula é presidente. Porém, no Maranhão, a combinação já foi autorizada por meio da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).

– Publicidade –

Outros destaques