segunda-feira, 10 de maio de 2021

Mexa-se: Atividades e orientações são oferecidas gratuitamente no Parque do Bom Menino

Mexa-se: Atividades e orientações são oferecidas gratuitamente no Parque do Bom Menino

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Com o objetivo de promover a saúde com ênfase na prática de atividade física, alimentação saudável, desenvolvimento sustentável e Práticas Integrativas Complementares (PICS) como auriculoterapia e ventosaterapia, entre outras, a Prefeitura de São Luís lançou, nesta sexta-feira (23), o projeto Mexa-se. A ação integra as secretarias de Saúde (Semus), Meio Ambiente (Semma), Desporto e Lazer (Semdel) e Instituto Municipal de Paisagem Urbana (Impur).

As atividades do Mexa-se acontecerão no Parque do Bom Menino, no Centro da capital, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h e das 13h às 18h, oferecendo gratuitamente à população os serviços de acolhimento, avaliação nutricional, nutrição (escala de alimentos, educação alimentar e nutricional), avaliação física, orientação sobre atividades físicas durante a pandemia, aula de yoga, auriculoterapia (terapia natural que consiste na estimulação de pontos nas orelhas) e ventosaterapia (tratamento no qual são usadas ventosas para melhorar a circulação sanguínea em um local do corpo).

As atividades do projeto estão pautadas nos princípios das cidades seguras, saudáveis e sustentáveis, ao ocupar espaços públicos com serviços que abordam saúde física, psíquica e social da população.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, tais medidas são essenciais para prevenção de doenças e agravos à saúde, destacando-se as doenças crônicas não transmissíveis a exemplo das doenças cardiovasculares, neoplasias, diabetes e doenças respiratórias crônicas.

“As pessoas que frequentam o Parque do Bom Menino vão poder contar com acompanhamento gratuito com nutricionista, profissional da educação física, médico, além das práticas integrativas que, comprovadamente, auxiliam na redução de doenças psicossomáticas, enxaquecas, hipertensão arterial, ansiedade, dores musculares e articulações”, pontuou o secretário.

Morador do bairro Coréia de Cima e frequentador assíduo do Parque do Bom Menino, Antônio Silva foi um dos primeiros a fazer, nesta sexta-feira (23), sua avaliação física para praticar suas caminhadas com mais segurança. “Acho muito importante. Iniciativas como essa ajudam a gente não praticar exercícios de forma errada. É bom ter alguém para auxiliar aqui nas atividades do Parque”, comentou.

– Publicidade –

Outros destaques