Moradores do Coroado registram imóveis gratuitamente


Um projeto de regularização fundiária coordenado pela juíza da 1ª Vara Cível da Fazenda Pública, Luzia Nepomuceno, fez a alegria da comunidade do Coroado com a entrega das escrituras dos imóveis dos moradores.

“O direito de propriedade é para todos e garante a segurança jurídica do patrimônio”, afirmou a juíza. Luzia Nepomuceno aproveitou para empossar a nova comissão que dará continuidade ao trabalho de distribuição de registros.

Os representantes da comissão, Roberth Alan e Osvaldo Miller destacaram o voluntarismo e o compromisso da união em conduzir o processo com transparência e honestidade. As comunidades Redenção e Rua da Felicidade também estiveram presentes no ato e desejam a regularização de seus imóveis.

É válido destacar que o registro dos imóveis é gratuito para aqueles que a área construída for até 70m² e o terreno não ultrapasse 250m².

Com o registro do imóvel, o proprietário ganha a autonomia de fazer o que bem entender com a propriedade, além de valorizá-la economicamente também oportuniza financiamentos para compra ou reforma junto às instituições financeiras.