terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

MS investiga casos suspeitos de zika vírus

A Secretaria de Estado (SES), e Municipal de Saúde (Semus), não confirmam casos da doença Zica no Maranhão, pois ainda não há provas laboratoriais de que se trate do novo vírus. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito causador da dengue, o Aedes aegypti. Foram analisados mais de 880 casos suspeitos no Maranhão, mas todos deram negativo para este vírus, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

A doença já é tida como uma epidemia e vem lotando hospitais no país e alguns maranhenses se queixam dos sintomas que coincidem com o diagnóstico do vírus. Pacientes atendidos na rede de saúde da capital vêm sendo examinados e amostras têm sido coletadas desde o mês passado. Os materiais foram encaminhados à análise do Instituto Evandro Chagas, no Para, por meio do Ministério da Saúde, para que sejam melhores avaliados. A Semus informa que aguarda o resultado destes exames e o direcionamento do Ministério, para que as medidas sejam tomadas, caso se trate do Zika Vírus. Só então será organizado um planejamento para combater a enfermidade, informa a instituição. Segundo repassado pelo Ministério da Saúde, a Semus informa não haver ainda qualquer confirmação de que os casos relatados na rede hospitalar de São Luís sejam Zika Virus.

– Publicidade –

Outros destaques