Mulher é presa acusada de assaltar motoristas de aplicativo


A Polícia Civil do Maranhão por meio da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), deu cumprimento a mandado de prisão preventiva, na tarde desta quarta-feira, 13, em desfavor de Adriana Fontenele Rodrigues, 26 anos, conhecida como “Neymar”.A ação teve o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos – DRF e Saisp Oeste.

Segundo a polícia, a mulher foi foi identificada a autora de roubos fazendo uso de arma de fogo a motoristas de aplicativos na capital maranhense. As investigações fazem parte de uma ação para  reprimir crimes patrimoniais que envolvem o roubo de veículos e crimes patrimoniais em geral.

A dinâmica da suspeita era a de solicitar corrida normalmente pelo aplicativo e durante o trajeto render as vítimas, e roubar os veículos. A mesma já havia sido autuada anteriormente por envolvimento em outros crimes de roubos.

Adriana Rodrigues está nas dependências do Complexo Penitenciário de São Luís, onde está à disposição do Poder Judiciário.