segunda-feira, 6 de fevereiro de 2023

Mulher é presa por comandar facção criminosa e punições do “tribunal do crime”

Uma operação da Polícia Civil do Maranhão, envolvendo policiais da cidade de Miranda do Norte, do Centro Tático Aéreo (CTA) e das Seccionais Norte e Sul, foi deflagrada no intuito de cumprir um mandado de prisão preventiva contra uma mulher, que é investigada por envolvimento com tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

As investigações que resultaram na decretação da prisão, iniciaram no segundo semestre do ano passado pela Polícia Civil de Miranda do Norte, que levantou vários indícios de que a mulher, considerada foragida, em companhia de seu irmão, estariam chefiando uma célula de uma facção criminosa na cidade de Matões do Norte, com ramificações nas cidades vizinhas.

Em novembro de 2022, o irmão da suspeito foi preso durante uma operação policial, ocasião em que ela ficou foragida até a última quinta-feira (5), se escondendo mais precisamente no Parque Araçagi, em São José de Ribamar, onde estaria atuando de forma bastante representativa em uma facção criminosa, inclusive aplicando supostas punições em pessoas que passavam pelo chamado “tribunal do crime”, após descumprirem regras impostas pela facção criminosa segundo as investigações.

Além do cumprimento do mandado de prisão, ainda foram apreendidos uma arma de fogo artesanal, apetrechos para tráfico de drogas e vários frascos do entorpecente conhecido popularmente como “loló”. Após as formalidades legais a presa foi encaminhada para a Central de Flagrantes da Capital, onde passará por audiência de custódia e em seguida encaminhada para a Unidade Prisional de Pedrinhas.

– Publicidade –

Outros destaques