RUMO CERTO valendo

“Não quero ser mártir" diz vereador de São Luís ao fazer denúncia

Posted On Quarta, 09 Maio 2018 17:09 Escrito por
“Não quero ser mártir" diz vereador de São Luís ao fazer denúncia Foto: reprodução vídeo

A eleição para a nova mesa diretora da Câmara Municipal de São Luís desta quarta-feira (9), com chapa única, tinha tudo para ser uma reunião óbvia e rápida, mas apresentou uma surpresa, fato, talvez pra uns, inusitado quando o vereador Aldir Júnior (PR) pegou o microfone e despejou uma denúncia grave sobre a instituição legislativa.

Segundo Aldir, que antes de qualquer coisa, declarou voto em Osmar Filho (PDT), de dedo em riste e no tom dos revoltados denunciou a existência de espécie de manobra ou jogo na Câmara de vereadores. Segundo o parlamentar mais jovem da legislatura, “Existem mais ou menos R$ 3 milhões de reais que ficam flutuando aqui nesta casa, e uma hora ou outra isso iria estourar. Aqui dentro desta casa não pode mais existir manobra para dar R$ 10 mil, 20, 40, 50, R$ 60 mil reais para um vereador. Todo mundo tem que ter gabinete igual, todo mundo”.

Na sequência do discurso, que pediu para não ser interrompido, Aldir Júnior afirmou que “Não quero ser mártir não... até por que muitos aqui vão me chamar de doido, louco desvairado, mas eu não tenho coragem de mentir pra mim mesmo”. Sem explicar muito do que se tratava, o vereador acrescentou que no legislativo ludovicense “A corrupção paira aqui dentro” e que “Isso aqui é uma bomba”. Em seguida pediu que o novo presidente eleito, Osmar Filho combata o que ele denunciava.

Só quando Aldir Júnior terminou, o atual presidente Astro de Ogum respondeu dizendo que todas as ações da câmara são acompanhadas pelos ‘difusos e coletivos’, pela promotoria pública (sic) e pelo portal da transparência da casa.

“Não existe câmara no Brasil, no Maranhão inteiro que as contas não vá para o tribunal”, disse Astro de Ogum e encerrou a questão afirmando que “Até parece que o vereador (Aldir Filho) é santo e caiu do céu por descuido. Tá parecendo isso, quando ele acusa a Casa de uma forma muito séria... Sinceramente, a zanga do vereador é porque ele queria ser o segundo secretário da Casa e não foi possível”.

Em tempo

Foram eleitos para o comando da casa no biênio 2019-2020 os vereadores: Osmar Filho (PDT), presidente e Astro de Ogum (PP), 1° vice-presidente; Nato Júnior, 2° vice; Josué Pinheiro, 3° vice; Chico Carvalho 1° secretário; Chaguinhas, 2° secretário; Beto Castro, 3° secretário; Concita Pinto, 4° secretário e Afonso Manoel como 5° secretário.

Foram 29 votos na chapa única. O vereador Estevão Aragão (PSB) votou em contrário e o vereador Honorato Fernandes (PT) está em São Paulo, para participar de evento da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), portanto não votou.

Itens relacionados (por tag)

Afiliada