GE

Radialista suspeito de pedofilia é transferido para presídio

Posted On Sábado, 30 Setembro 2017 17:23 |

O radialista Francisco Charles Renald Ribeiro Torres, conhecido como Renald Café, foi autuado por estupro de vulnerável, artigo 217-A do Código Penal Brasileiro, Lei 12.015/09, que tem pena prevista de 8 a 15 anos de prisão. Ele foi preso na manhã deste sábado (30).

Renald Café foi acusado por duas meninas, uma de 10 e a outra de 11 anos, de ter acariciado uma delas. O caso ocorreu na tarde de ontem (29), nas dependências do estúdio dentro de um shopping onde trabalha o suspeito. Segundo informações, ele teria dado um cartão do parque de diversões para atrair as meninas.

Ao vazar a acusação nas redes socias, Renald Café se dirigia a delegacia para se apresentar, quando foi interceptado por uma viatura de Davinópolis, que o conduziu ao plantão central.

As crianças, que são irmãs, foram acompanhadas da mãe e de uma conselheira tutelar, à delegacia para prestarem depoimento ao delegado Brasil, que fez o flagrante do caso.

Na noite de sexta-feira (29), às 22h, ele foi apresentado ao Plantão Central, e na madrugada de hoje foi autuado. Quando estava sendo transferido para a Unidade Prisional de Ressocialização de Imperatriz, UPRI 2, Renald conversou com o Jornal Correio, e negou que tenha feito algo com as crianças e disse que houve um mal entendido por parte das meninas.

Renald participará na manhã de domingo da audiência de custódia, quando será decidido se vai ser colocado em liberdade ou permanecerá preso.



Afiliada