RUMO CERTO valendo

MA em alerta contra meningite: surto da doença é descartado

Posted On Sábado, 17 Março 2018 11:17 | Portal Guará
Atendimento de vítima de meningite foi feito na UPA Atendimento de vítima de meningite foi feito na UPA Divulgação

Permanece isolada a sala do Centro de Ensino Pedro Álvares Cabral, na cidade Olímpica, em que estudava a jovem Taynara Alves dos Santos, 18 anos, vítima de meningite. É o terceiro caso registrado este ano em São Luís, mas, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, apesar de mais essa confirmação as mortes não tem relação entre si e não há um surto da doença na capital maranhense.

Os dois primeiros casos notificados na capital maranhense, de Lucas Gabriel (em fevereiro) e de Deborah Sales (março) foram diagnosticados por confirmação clínica e por exames laboratoriais.

NO caso da morte de Taynara Alves, que foi atendida na UPA da Cidade Operária, a Secretaria de Saúde informou que o corpo foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO) para coleta de amostra que será analisado pelo laboratório de referência.

Famílias monitoradas
Em nota, enviada ao Portal Guará, a Secretaria de Saúde explicou que as famílias e demais pessoas que tiveram contato com as vítimas foram avaliadas e receberam a medicação para a quimioprofilaxia, seguindo Protocolo do Ministério da Saúde.

Como existe o receio de que a capital maranhense e os demais municípios do estado possam enfrentar uma epidemia da doença, a Secretaria de Saúde do Maranhão tratou de esclarecer que mantém contato constante com as Coordenações de Vigilância Epidemiológica dos Municípios e Unidades Regionais de Saúde para o acompanhamento de registro de casos de doenças transmissíveis, estando atenta às notificações, apoiando e executando ações de prevenção e controle, como nestes casos, atuando junto com a Secretaria Municipal de Saúde de São Luís.

O que é meningite?
É uma doença atinge o sistema nervoso, caracterizada por um processo inflamatório que atinge a membrana que envolve o cérebro e a medula espinhal das pessoas. Mais frequentemente é ocasionada por vírus ou bactéria. Nas meningites bacterianas é importante conhecer o tipo de bactéria envolvida de forma a possibilitar o tratamento correto. Para isso é necessário realizar exames para confirmar a meningite.

Sintomas como febre alta e persistente, dor de cabeça por vezes insuportável, dor na nuca podendo ocasionar rigidez no pescoço, vômitos, perda do apetite, sonolência, confusão mental, agitação, grande sensibilidade à luz podem indicar a doença. No caso das meningites bacterianas a evolução é muito rápida, podendo agravar em horas. O paciente necessita receber o antibiótico o mais rápido possível.

A doença se transmite de uma pessoa para outra pela tosse, espirro e pelas mãos sujas, no caso de alguns vírus, isto é, vias fecal-oral, oral-oral, respiratória.

Afiliada