sexta-feira, 3 julho, 2020
Início Colunista O assunto do momento: Coronavírus

O assunto do momento: Coronavírus

Pertencente a um grupo que reúne desde agentes infecciosos que provocam sintomas de resfriado até outros com manifestações mais graves, como os causadores da Sars (sigla em inglês para Síndrome Respiratória Aguda Grave) e da Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio), o coronavírus foi classificado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como emergência internacional.

Manifestações Clínicas

O coronavírus em humanos comuns causam infecções respiratórias brandas a moderadas de curta duração. Os sintomas podem envolver coriza, tosse, dor de garganta e febre. Esses vírus algumas vezes podem causar infecção das vias respiratórias inferiores, como pneumonia. Esse quadro é mais comum em pessoas com doenças cardiopulmonares, com sistema imunológico comprometido ou em idosos.

Como se espalha?

Como se trata de uma transmissão viral, de humano para humano, isto ocorre geralmente quando alguém entra em contato com secreções de uma pessoa infectada, como gotículas da tosse ou espirro.

O vírus também pode ser transmitido ao tocar em algo que uma pessoa infectada tocou e depois em sua boca, nariz ou olhos. Às vezes, os profissionais da saúde podem ser expostos manipulando os resíduos de um paciente.

Como se proteger ?

A primeira medida de prevenção é evitar viajar a regiões, bem como a cidades que possam vir a alojar surtos; se isto for inevitável, há algumas medidas a serem tomadas:

  • Evite aglomerações;
  • Cubra nariz e boca, ao tossir e espirrar, descartando de imediato o material utilizado, em local adequado;
  • Lavar as mãos a cada 2 horas, principalmente após transitar por estabelecimentos e locais públicos;

  • Evite tocar no rosto;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Dependendo do local, use mascaras descartáveis, no entanto, o acessório é recomendado em situações locais de surto intenso. Esse é o único cenário no qual se indica a máscara para a população geral.;

A taxa de mortalidade é de 3,5% no mundo. Segundo os pesquisadores, uma pessoa infectada por covid-19 (coronavirus)  transmite o vírus para duas ou três pessoas, o que o torna uma doença altamente contagiosa e  por ser um vírus novo, ninguém está imune.

Até agora somente 2 casos confirmados de Coronavirus no país e não há motivo para pânico, ainda mais para aqueles que não apresentam sintomas respiratórios e não tenham passagem por essas áreas de circulação do vírus nem contato com casos suspeitos ou confirmados.

Pouco provável que uma epidemia acometa nosso país, porém é sempre bom lembrar que a prevenção é a melhor medida a ser tomada.

Por Luiza Carvalho,
Cirurgiã-Dentista
Cro-ma 3129
Instagram: @luizacarvalho
e-mail: luiza_scarvalho@hotmail.com
whats app: 98-984058874

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Doses da vacina contra Influenza/H1N1 são disponibilizados para a população em geral

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), em atendimento à orientação do Ministério da Saúde (MS), está oferecendo,...
- Publicidade -