Referências a antigos carnavais, promessas de polêmicas, críticas e novas misturas de fé e samba: é o que as escolas de samba que saem neste domingo prepararam para arrebatar o público na Passarela do Samba (Anel Viário) e abocanhar o título de melhor do Carnaval 2019.

Cinco agremiações abrem o desfile das escolas de samba no Anel Viário que inicia às 22h, são elas: Terrestre do Samba, Mocidade Independente da Ilha, Império Serrano, Turma de Mangueira e Flor do Samba.

Primeira a desfilar, a Terrestre do Samba levará para a avenida o enredo “Amazonas, em busca do Eldorado”. Já a Mocidade Independente da Ilha vem para o Carnaval com o enredo “A beleza e a luta dos guerreiros do Mará”.

Com o enredo “Romarias do Maranhão, um Império de Fé”, a escola de samba Império Serrano – a verde e branco do Monte Castelo – vai contar contando a história das romarias e romeiros do Maranhão, idealizado pelo carnavalesco Wilson Bozó.

No ano em que celebra 90 anos, a Turma de Mangueira, do João Paulo, traz para a avenida o enredo “Pela mente de um fofão: uma viagem aos antigos Carnavais”.

A agremiação vai passear por histórias dos antigos carnavais de São Luís, ressaltando os grandes bailes, desfiles das escolas de samba, blocos tradicionais, e outras manifestações do carnaval maranhense. O enredo é de autoria do presidente e carnavalesco Itamilson Lima.

A última escola a desfilar no domingo é Flor do Samba, que trará o enredo “Viva essa energia”. A escola vermelho, azul e branco do bairro do Desterro fará uma aventura para contar o `início de tudo`, do carnavalesco Ítalo Fonseca.

Desfile das Escolas de Samba
22h00 às 23h00 – Terrestre do Samba
23h10 às 00h10 – Mocidade Independente da Ilha
00h20 às 01h20 – Império Serrano
01h30 às 02h30 – Turma de Mangueira
02h40 às 03h40 – Flor do Samba

Fotos: Crédito: A. Baeta | Foto: A. Baeta.