domingo, 25 de setembro de 2022

ONG austríaca denuncia Bolsonaro ao Tribunal de Haia por destruir a Amazônia

Em carta escrita com Temer, Bolsonaro diz não ter tido a intenção de agredir outros Poderes
Foto: Reprodução

A ONG austríaca All Rise apresentou ao Tribunal Penal Internacional, órgão judiciário da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira (12), uma denúncia contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por crime contra a humanidade devido ao desmatamento na Amazônia, que, segundo a iniciativa, tem consequências para a vida de todos.

Esta é a sétima denúncia de conhecimento público que Bolsonaro recebe em Haia, sendo que as outras acusações envolveram a gestão da pandemia e direitos indígenas. No site, a campanha “O planeta vs Bolsonaro” expõe as evidências da ONG em considerar o crime e confirmam o encaminhamento do processo para o TPI.

Dentre os exemplos, a All Rise anuncia que “a destruição da Amazônia aumenta a probabilidade de condições climáticas extremas em todo o mundo”; “sob Bolsonaro, taxas de desmatamento aceleraram em 88%”; “no ano passado, desmatamento na Amazônia brasileira aumentou 44%”; “multas por desmatamento ilegal caíram 42%”; “sob o Bolsonaro os incêndios florestais dobraram em relação à década anterior”; entre outras alegações.

Na primeira etapa, a procuradoria deve avaliar se a acusação é válida para, posteriormente, abrir um processo de investigação. O caso também deve sofrer pressão na COP26, a Cúpula do Clima, que ocorre entre 31 de outubro e 12 de novembro.

– Publicidade –

Outros destaques