segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Operação ANHANGÁ combate crimes ambientais no Maranhão

A operação ANHANGÁ, que engloba as operações YBIRÁ e PRIORISTIRIO foi deflagrada pela Polícia Federal no Maranhão, na terça-feira, 24, e continua em andamento, com o objetivo de combater crimes ambientais, crimes contra comunidades indígenas e cumprir mandados judiciais.

Estão sendo empregados, nesta operação, 66 policiais federais. Participam, ainda, os órgãos parceiros: FUNAI, IBAMA, Ministério da Defesa, Força Nacional de Segurança Pública, Batalhão de Polícia Ambiental e Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão.

Estão sendo cumpridos 09 (nove) mandados de busca e apreensão em Amarante do Maranhão e Buriticupu, com intervenções em serrarias e movelarias.

Até o momento, os resultados obtidos foram a inutilização de:

  • Aproximadamente 250 toras de madeira;
  • Maquinários utilizados nas movelarias e serrarias irregulares;
  • Dois caminhões toreiros;
  • Um trator;
  • Apreensão de valores e armas.

    Delegada responsável pela operação:
    DPF Sherida Carlos – Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico (DELEMAPH)
    *Anhangá ou Anhanga – da mitologia de raiz Tupi, remete a um espírito poderoso, protetor de
    florestas, rios e animais.
– Publicidade –

Outros destaques