quinta-feira, 29 de setembro de 2022

Operação desarticula “Grupo de Extermínio” que matou 28 pessoas

A Polícia Civil cumpriu cinco mandados de prisão preventiva contra suspeitos de integrarem um grupo de extermínio que atuava na região da Baixada Maranhense. Segundo à Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (SHPP), o grupo seria responsável por pelos menos 28 mortes ocorridas nos últimos dois anos na região.

Os alvos dos mandados de prisão já estavam presos em presídios das cidades de Pinheiro e São Luís, após uma megaoperação realizada no dia 27 de janeiro deste ano, que resultou inclusive na prisão de um policial militar, investigado de integrar o bando criminoso.

Com a ação policial, foi possível desarticular a organização criminosa que disseminava o medo por onde passava. Em um dos atos criminosos do bando, ocorrido em 2020, a vítima foi morta com 12 disparos de arma de fogo, em uma rodovia, na cidade de Peri Mirim.

As investigações continuam sob a competência do Departamento de Homicídios do Interior, no intuito de identificar outros possíveis membros do grupo criminoso, além de reduzir o número de crimes contra a vida na Baixada Maranhense.

– Publicidade –

Outros destaques