quinta-feira, 5 dezembro, 2019
Início Manchete Operação na casa do vereador Astro de Ogum investiga casos de pedofilia

Operação na casa do vereador Astro de Ogum investiga casos de pedofilia

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) sob o comando do delegado Odilardo Muniz, titular do Departamento de Crimes Tecnológicos, cumpriu na manhã desta quinta-feira (12) mandado de busca e apreensão na residência do vereador Astro de Ogum, vice-presidente da Câmara Municipal de São Luís, por crime pedofilia e extorsão sexual.

Segundo informações, a investigação teve como alvo o funcionário Raimundo Costa, conhecido como “Filho”, e Raíssa Martins Mendonça. Eles são suspeitos de extorquir um adolescente. O caso está sendo investigado há um ano, e foi decretado mandado de prisão preventiva em desfavor dos assessores pelo juiz da Central de Inquérito, Flávio Roberto. Segundo informações do Departamento de Crimes Tecnológicos, a própria vítima denunciou o caso.

O crime acontecia a partir de perfil no Instagram com uma foto de uma mulher, que adicionou o menor de idade e trocou mensagens com ele. A vítima então foi convencida a mandar uma foto íntima sua e começou o processo de extorsão. Para que a foto não fosse divulgava, a vítima tinha que manter relação sexual com outras pessoas.

Além disso, durante a busca e apreensão, uma arma foi encontrada.

Em coletiva de imprensa, o vereador Astro de Ogum negou envolvimento no episódio e explicou que foi conduzido à Seic para prestar esclarecimentos sobre a arma encontrada em sua residência.

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Consumo de cigarros ilegais cai no Brasil pelo segundo ano consecutivo

O consumo de cigarros ilegais caiu no país pelo segundo ano consecutivo, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca). Em 2018, pouco...
- Publicidade -