terça-feira, 16 de julho de 2024

Pagamentos de empresas ligadas a Arnaldo Melo devem ser suspensos

Um ofício assinado pelo Governador Flávio Dino um dia depois da posse pede a suspensão do pagamento das ordens bancárias realizadas pelo Estado nos dias 30 e 31 de dezembro de 2014. São, aproximadamente, 400 pagamentos, que somam R$ 50 milhões de reais.

 

 

No documento encaminhado à Superintendência do Banco do Brasil no Maranhão, o governador alega possível ocorrência de irregularidades para pedir que a instituição financeira faça o cancelamento do repasse.

 

 

De acordo com a denúncia, ao menos três pagamentos foram destinadas a empresas ligadas a Arnaldo Melo, que ficou no comando do Governo do Estado entre os dias 10 e 31 de dezembro do ano passado.

 

 

Assista a reportagem completa:

– Publicidade –

Outros destaques