segunda-feira, 28 de novembro de 2022

Pastor tenta fugir, mas acaba preso por estupro de vulnerável, no Maranhão

Em uma ação realizada pela Polícia Civil, na cidade de Timbiras, um pastor evangélico foi preso por suspeitas de crimes de estupro de vulnerável.

A polícia conseguiu cumprir um mandado de prisão preventiva o pastor que teria cometido o abuso sexual no município de Pio XII. Segundo as investigações, o preso se passava pela condição de ser pastor evangélico para praticar os crimes.

A investigação coordenada pela Delegacia de Polícia de Pio XII aponta que o preso é suspeito de cometer o crime de estupro de vulnerável contra duas meninas. O pastor foi localizado e preso na cidade de Timbiras, a cerca de 200 km da cidade onde ocorreu o crime, na tentativa de escapar do mandado de prisão decretado pelo judiciário.

Uma equipe de captura da Delegacia de Polícia de Pio XII prontamente se deslocou até a cidade de Timbiras, tendo empreendido as buscas para a localização exata do suspeito, que foi preso.

Depois dos trâmites legais de competência da Polícia Judiciária, o pastor foi levado à Unidade Prisional de Santa Inês, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário.

– Publicidade –

Outros destaques