quarta-feira, 16 outubro, 2019
Início Destaque 2 Percentual de famílias com dívidas aumenta no país, segundo CNC

Percentual de famílias com dívidas aumenta no país, segundo CNC

64,8% do total de famílias brasileiras estiveram em dívida no mês de agosto desse ano, segundo Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), feita pela Confederação Nacional do Comércio e Bens, Serviços e Turismo (CNC). Esse número representa uma alta se comparado ao mesmo resultado de agosto do ano passado quando eram 64,1% de famílias endivid,adas.

Outro dado importante é sobre as dívidas em atraso. Em julho, 23,9% das famílias estavam inadimplentes. Já em agosto, o dado saltou para 24,3%. Vale ressaltar que essa foi a oitava alta mensal consecutiva e o maior índice de endividamento desde julho de 2013.

Para a economista Marianne Hanson, apesar do aumento no percentual de famílias com contas em atraso em agosto, essa alta foi menor em comparação ao aumento observado do endividamento. “Isso demonstra que a redução das taxas de juros ainda tem permitido, à maior parte das famílias, acomodar as dívidas no seu orçamento e pagar as contas em dia”, avalia Marianne.

Tipos de dívida
O Cartão de Crédito foi apontado em primeiro lugar como um dos principais tipos de dívida por 79,3% das famílias endividadas, seguido por Carnês, para 16,0%, e, em terceiro, por financiamento de carro, para 9,9%. Para as famílias com renda até dez salários mínimos, o Cartão de Crédito, por 79,6%, Carnês, por 16,8%, e Financiamento de Carro, por 8,3%, foram os principais tipos de dívida apontados.

Já para famílias com renda acima de dez salários mínimos, os principais tipos de dívida apontados em agosto de 2019 foram: Cartão de Crédito, para 78,0%, Financiamento de Carro, para 17,4%, e Financiamento de Casa, para 17,3%.

Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira prêmio de R$ 34 milhões

A Mega-Sena sorteia nesta quarta-feira (16) prêmio de R$ 34 milhões. As seis dezenas do concurso 2.198 serão soreadas a partir das 20h (horário...
- Publicidade -