Polícia apresenta quadrilha suspeita de envolvimento em crimes com o uso do WhatsApp


A Policia Civil do Maranhão por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), apresentou na tarde desta sexta-feira (15), um bando  acusados de envolvimento em crimes com o aplicativo  de mensagens WhatsApp.

A quadrilha clonava os celulares, e a partir de então, enviava mensagens se passando pelas vítimas, e pediam valores em dinheiro de forma emergencial. Os bandidos clonaram muitos celulares de políticos no Maranhão e em outros estados.

As informações foram que a SEIC, por meio do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos, prendeu os acusados José dos Santos Ferreira Sobrinho; Eliane Gonçalves Costa; Leonel Silva Pires Júnior; Anderson Sombra Azevedo; Sergio Farias de Araújo Júnior. Os Mandados foram oriundos do Estado de Santa Catarina e Maranhão.

No ano de 2018, o acusado de chefiar a quadrilha, Leonel Silva Pires Júnior tinha sido preso pela SEIC em 2018, acusado pela prática dos mesmos crimes.