quarta-feira, 12 agosto, 2020
Início Destaque 1 Polícia Civil desarticula quadrilha de roubo a residências na Grande São Luís

Polícia Civil desarticula quadrilha de roubo a residências na Grande São Luís

Operação da Polícia Civil prendeu 10 suspeitos de integrar organização criminosa na prática de assaltos a residências na Região Metropolitana de São Luís. As ações repressivas e de prevenção a estes casos integram o plano de trabalho da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) com apoio de outras unidades da Segurança Pública. Paralelamente, a superintendência executa uma série de operações de contenção de outros crimes, como tráfico de drogas e assaltos.

Neste período de pandemia foi observada a incidência de alguns tipos de criminalidade e, a partir daí, organizado um planejamento de trabalho com foco no controle e prevenção dos casos, explica o titular da SPCC, delegado Carlos Alessandro Rodrigues. “Há bairros como menor movimentação de pessoas e baixo fluxo de veículos que acabam sendo alvo dos criminosos e estas áreas foram mapeadas como prioridade da operação. Além deste trabalho, a SPCC desenvolve operações direcionadas”, pontuou.

O plano de trabalho é desenvolvido por equipe treinada e capacitada e conta com um banco de dados com informações de suspeitos, além de técnicas investigativas específicas nessa modalidade de crime, incluindo ações de inteligência. “Com as ações de rotina e direcionadas, percebemos uma retração dos casos, resultado de um processo investigativo e de inteligência”, ressalta o delegado Carlos Alessandro Rodrigues.

A operação se concentrou nos bairros Miritiua e Bela Vista, mas é realizada em toda Região Metropolitana de São Luís, priorizando pontos de maior incidência.

Operações contra o crime

No primeiro semestre deste ano, a SPCC registrou 232 prisões, fruto de uma série de operações para prevenir crimes. Em operação denominada Leste Seguro, foram presos oito suspeitos de praticar diversos crimes na área. O trabalho teve apoio do Comando Operacional de Área Metropolitano 2 (CPAM 2). Ação realizada na segunda quinzena de junho resultou na prisão de 44 pessoas, apontadas por ações criminosas na Grande Ilha. A SPCC conta com um canal via whatsapp – (98) 98418.5661 – para denúncias, mantendo do sigilo da fonte.

Outras ações

Além do trabalho coercitivo e preventivo, a SPCC desenvolve uma série de iniciativas de sensibilização e orientação à sociedade. A operação Resgate, coordenada pela Delegacia de Costumes e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS-AD), prestou atendimento a dependentes químicos e moradores de rua, oferecendo tratamento e exames (glicemia, HIV, sífilis, hepatite, aferição de pressão arterial).

A SPCC participou, ainda, de campanhas de conscientização sobre a pandemia do novo coronavírus e outras de referência, promovidas por meio da Delegacia do Consumidor (Decon) em empresas, farmácias e postos de combustível. “O objetivo desta iniciativa foi combater o aumento indevido de preço dos produtos. Tivemos várias empresas autuadas e notificadas”, reitera o delegado Carlos Alessandro Rodrigues.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

Corte de água por falta de pagamento está suspenso por 15 dias em Balsas

Conforme proposta apresentada pelo Ministério Público do Maranhão, em reunião virtual realizada na manhã desta terça-feira, 11, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto...
- Publicidade -