terça-feira, 16 de julho de 2024

Polícia prende homem e bloqueia cerca de R$ 10 milhões das contas de envolvidos com tráfico

A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Combate ao Narcotráfico (Senarc), realizou, na manhã desta terça-feira (11), uma operação policial para cumprir mandados de busca e apreensão e prisões preventivas contra integrantes de uma associação criminosa que movimentaram mais de 12 milhões de reais no período de 3 anos.

A investigação policial iniciou-se no ano de 2019 quando a Senarc apreendeu grande quantidade de crack e comprovantes de depósitos em um imóvel no município de São José de Ribamar, posteriormente representou-se pela quebra de sigilo fiscal e bancário dos investigados e apurou-se movimentações incompatíveis com as atividades oficialmente desempenhadas.

A título de exemplo, um dos investigados, que responde a vários procedimentos por tráfico de drogas, movimentou mais de R$ 2 milhões nas contas de pessoa física e mais de R$ 9 milhões, nas contas correntes de uma pessoa jurídica que vende “lingerie”.

Com base nas investigações, representou-se por medidas cautelares de busca e apreensão em 10 endereços, cinco prisões preventivas e bloqueios das contas bancárias de seis investigados, que foram parcialmente cumpridas, onde o principal investigado foi preso e com ele apreendido a quantia de R$ 4.479 mil, dois veículos e uma motocicleta.

– Publicidade –

Outros destaques