sábado, 13 de julho de 2024

Polícia prende professor suspeito de assediar alunas, no interior do Maranhão

Na manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil, por intermédio da Superintendência de Policia Civil do Interior (SPCI), deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva e de busca domiciliar contra um homem, de 44 anos, investigado pelo crime assédio com o fim de praticar ato libidinoso contra crianças na cidade de Centro Novo do Maranhão.

O delegado Ricardo Aragão, da SPCI, disse que o homem, que é professor de educação física de uma escola da rede municipal, estava sendo investigado desde o dia 24 de maio deste ano, quando o Conselho Tutelar recebeu as denúncias de nove alunas, entre crianças e adolescentes, as quais teriam sido assediadas pelo professor.

Após o constrangimento sofrido em sala de aula pelas vítimas, ou seja, toques indesejados em várias partes de seus corpos praticados pelo professor, as menores resolveram denunciar o fato aos diretores da unidade de ensino.

As menores foram ouvidas pela psicóloga da escola, assim como em escuta especializada realizada pelo Conselho Tutelar, onde confirmaram veementemente os atos de assédio que sofreram e os que visualizaram.

Ainda segundo o delegado, algumas das crianças constrangidas com o ato de assédio do professor, relataram todo o ocorrido aos seus familiares, que repudiaram a atitude insana do docente.

Nesta manhã, de posse das ordens judiciais, os policiais civis estivaram na residência do investigado, onde apreenderam dois notebooks e um aparelho celular que devem ser periciados a fim de identificar possíveis indícios de crimes.

Após os procedimentos de praxe, o preso foi encaminhado ao Sistema Penitenciário da cidade de Governador Nunes Freire, onde ficará à disposição da justiça.

– Publicidade –

Outros destaques