terça-feira, 23 de julho de 2024

Polícia prende suspeito de tentar matar uma indígena transsexual, em Grajaú

A Polícia Civil elucidou o crime bárbaro de estupro, agressão e tentativa de homicídio contra uma indígena transsexual, na cidade de Grajaú.

Um mandado de prisão foi cumprido contra um homem que é suspeito do crime de transfobia, ocorrido no último dia 20 de abril, na aldeia Formigueiro, em Grajaú.

De acordo com informações policiais, o que foi apurado nas investigações da Delegacia de Polícia de Grajaú, o suspeito, que também é indígena, de forma brutal passou a agredir a vítima com uma estaca de madeira, desferindo vários golpes no rosto e na cabeça da vítima.

A sessão de tortura apenas cessou quando o criminoso percebeu a aproximação de uma testemunha tendo se evadido em seguida. A vítima ficou com o rosto desfigurado tendo que passar por uma cirurgia de correção facial.

Policiais civis da Delegacia de Polícia de Grajaú e da Delegacia Regional de Barra do Corda, com apoio da Guarda Municipal de Grajaú, conseguiram prender o indígena em uma aldeia em Arame, nas proximidades da localidade Sambaíba na divisa entre os dois municípios.

– Publicidade –

Outros destaques