terça-feira, 23 de julho de 2024

Polícia procura homem suspeito de assassinar uma pessoa em boteco, na Forquilha

Policiais civis da Superintendência Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa(SHPP), saíram às ruas no intuito de cumprir um mandado de busca e apreensão na residência do suspeito de cometer um homicídio em frente a um boteco, situado na Forquilha, ocorrido na noite do dia 26 de junho deste ano. A vítima identificada como Edilson da Costa Sousa Filho, foi morta por disparos de arma de fogo após uma luta corporal com o investigado.

Segundo a Delegacia da Área Norte (DHN/SHPP), a vítima estava acompanhada de sua esposa e mais duas mulheres, em dado momento a vítima entendeu que o suspeito olhava para sua esposa, situação em que ocasionou uma luta corporal entre suspeito e vítima fatal, ambos sendo contidos por seguranças do estabelecimento. Após a briga, o suspeito pegou seu veículo (sem placas) e de dentro dele, disparou contra Edilson Filho, que ainda chegou com vida ao hospital, mas faleceu no dia seguinte.

Iniciada as investigações, a equipe da DHN coletou as imagens de videomonitoramento e localizou as pessoas que estavam juntos com o suspeito, o que foi possível identificar o suspeito de cometer o crime.

Nesta quarta, os policiais estiveram em um condomínio situado no bairro Altos do Calhau, em São Luís, para cumprir à ordem judicial. Na ocasião, só estavam no apartamento funcionárias e os três filhos menores do suspeito, sendo apreendido um alvo com marcas de disparos de arma de fogo, acredita-se que a mesma utilizada no dia do crime.

O delegado Ivônio Ribeiro informou que a Polícia Civil já representou pela prisão preventiva do suspeito, que prontamente foi deferido pelo Poder Judiciário, após parecer favorável do Ministério Público Estadual. O investigado é considerado um foragido da justiça.

– Publicidade –

Outros destaques