sábado, 23 janeiro, 2021
Início Maranhão Cidades População faz marcha por um ano da morte de Alana

População faz marcha por um ano da morte de Alana

Morte da criança, Alana Ludmilla, que foi encontrada enterrada no quintal de sua casa, completou um ano. Como forma de pedir paz, ocorre nesta sexta-feira (09), a “II Marcha Alana Ludmila Todas pela Paz”, a partir das 15h30, com concentração na escola comunitária Centro Educacional Sagrada Família, no Maiobão, e seguirá em direção a Praça da Bíblia.

A marcha é uma realização da escola Sagrada Família, onde Alana Ludmila estudava e convida a população para uma caminhada pela paz em homenagem à estudante. A organização sugere que todos vistam camisa branca.

O caso que completa um ano, foi motivo de revolta em todo o Maranhão, sensibilizando toda a população.

Relembre o caso

Alana Ludmilla desapareceu enquanto estava sozinha em casa durante o tempo em que a mãe dela tinha ido a uma entrevista de emprego.

A garota foi encontrada morta por vizinhos em uma cova rasa no quintal da sua casa, com as mãos amarradas para trás e com um saco plástico na cabeça.

O responsável pelo crime, Robert Serejo, ex- padrasto de Alana, foi preso ao ser reconhecido enquanto estava em uma van que seguia em direção ao interior do Maranhão.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -