G10 Editora

Prefeitura premiará vencedores do 35º Concurso Literário nesta sexta-feira

Após o anúncio dos vencedores do 35º Concurso Literário na semana passada, a Prefeitura de São Luís, por meio da Fundação Municipal de Cultura (Func), realizará nesta sexta-feira (29), a partir das 17h, na Fonte de Ribeirão, a solenidade de premiação dos escritores contemplados no concurso cultural. Cada autor premiado receberá o valor de dez salários mínimos e certificado de participação pela obra vencedora. Serão publicados mil exemplares de cada livro.

As obras premiadas foram consideradas pela Comissão Julgadora como de excelente qualidade, com destaque para as categorias romance e livro infanto juvenil. A maioria dos escritores vencedores é jovem e, apesar da pouca experiência na produção literária, conseguiu surpreender os jurados com o nível dos conteúdos. É o caso da estudante de Jornalismo, Sabryna Rosa Mendes de Castro, de apenas 20 anos de idade. Natural da cidade de Itapecuru-Mirim, a estudante foi premiada na categoria romance, com o livro“Café Amargos”, nesta que foi a primeira participação dela em um concurso literário.

As obras foram avaliadas por uma Comissão Julgadora formada por dezesseis profissionais (sendo um julgador maranhense e outro nacional, por categoria) das áreas de Letras, Literatura,Teatro, Comunicação, Educação e Cultura.

O Concurso Literário Cidade de São Luís está em sua trigésima quinta edição e tem como objetivo fomentar a produção literária dos autores e escritores da capital maranhense, nos gêneros literários: romance, novela, contos, poesia, ensaios, peça teatral, literatura infanto juvenil e jornalismo literário.

 

OBRAS PREMIADAS

Prêmio Aluízio Azevedo na categoria romance

-Cafés Amargos, de SabrynaRosa Mendes de Castro.

 

Prêmio Graça Aranha nacategoria novela

-O Labirinto, de Adonay Ramos Moreira.

 

Prêmio Coelho Neto nacategoria contos

-O Suicida, de Antônio CarlosAraújo Ribeiro Júnior.

 

Prêmio Dona Carochinha nacategoria literatura infantojuvenil

-A Formiguinha Bruna e o Reinodas Saúvas, de Wescley Brito da Silva.

 

Prêmio Sousândrade nacategoria poesia

-A Ilha do Encoberto, de ClaudicélioRodrigues da Silva.

 

Prêmio Arthur Azevedo nacategoria peça teatral

-Post Mortem, de André Felipe Cruz Correa.

 

Prêmio Antônio Lopes nacategoria ensaios

-A Flecha, a Pedra e a Pena:João Affonso, Aluísio Azevedo e a primeira revista ilustrada do Maranhão, de Iramir Alves Araújo.

Prêmio João Lisboa nacategoria jornalismo literário

-Vem Cá Curiar Cacuriá!, de Inara Conceição Melo Rodrigues.

– Publicidade –

Outros destaques