domingo, 25 de setembro de 2022

Prefeitura realiza curso de manuseio de alimentos para vendedores de arraial

Até esta quarta-feira (1º), a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) realiza, no auditório da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Amdes), no Centro, o curso de Boas Práticas no Manuseio de Alimentos, promovido pela Vigilância Sanitária Municipal. Mais de 40 vendedores que trabalharão no Arraial da Cidade, na Praça Maria Aragão, participam da capacitação.

Nos dois dias, os comerciantes estão tendo a oportunidade de tirar dúvidas sobre como melhor acondicionar os alimentos que serão vendidos ao público durante o arraial que ocorrerá de 10 a 30 de junho. “Trabalhar com alimentos é trabalhar com saúde, por isso a importância de manter os cuidados com as comidas e bebidas que serão comercializadas no período junino e a capacitação ajuda a alertar os próprios vendedores da necessidade de boas práticas”, pontuou o titular da Semus, Joel Nunes.

Os primeiros a serem capacitados foram os vendedores de foods trucks. Para quem atua neste modelo de negócio, com condições de operacionalizações bastante limitadas por se tratarem de pequenos veículos que abrigam equipamentos de cozinhas industriais e comercializam diversas refeições em vias e áreas públicas, os cuidados são redobrados.

Para Cierry Silva, que trabalha há três anos vendendo lanches, quanto mais conhecimento, melhor o resultado. “Sempre faço os cursos de boas práticas e sempre tem algo a ser melhorado”, garantiu o vendedor.

Depois de trabalhar em um food truck por quatro anos, Adriele Sousa se prepara para vender crepes no Arraial da Cidade e participa pela primeira vez do curso. “Achei muito bom, pois tira todas as nossas dúvidas e a gente aprende a fazer da forma correta e põe em prática até em casa também”, afirmou a jovem.

Para o presidente da Amdes, Felipe Mussalém, o cronograma de capacitação montado pela Prefeitura de São Luís atende a grande demanda gerada com o retorno das festas juninas. “Seguindo a orientação do prefeito Eduardo Braide, nós estamos capacitando o público que vai trabalhar nos arraiais da cidade, ofertando não só curso de boas práticas alimentares, mas também oferecendo conhecimento para garantir uma eficiência aos negócios desses microempreendedores”, disse Felipe Mussalem.

Capacitação

No curso, os participantes tiraram dúvidas sobre como acondicionar alimentos, evitar contaminação cruzada de alimentos, uso de lixeiras, uso de utensílios para cada tipo de alimento, temperaturas dos alimentos, cuidados com os preparos de bebidas e drinks, cuidados com óleos de frituras e dicas na hora de servir os alimentos.

Para o secretário municipal de Cultura, Marco Duailibe, o sucesso do retorno das festas juninas passa também pela qualidade dos alimentos servidos no arraial. “Nossa culinária também carrega nossa identidade cultural e, por isso, essa capacitação para garantir qualidade aos alimentos que serão servidos no arraial do São João de São Luís”, destacou o secretário.

Barracas

Nesta quarta-feira (1º), será a vez dos donos de barracas participarem do treinamento, que conta ainda com oficinas de Libras, promovida pela Secretaria Municipal Extraordinária da Pessoa com Deficiência (Semeped); Atendimento/Vendas e Informações Turísticas, realizada pela Secretaria Municipal de Turismo (Setur/Amdes); Controle Financeiro, promovido pela Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Amdes) e de Informações/Procedimentos sobre o arraial, que terá à frente a Secretaria Municipal de Cultura (Secult).

Para a química industrial da Vigilância Sanitária, Ana Tereza Nunes, o treinamento garante conhecimento, que é fundamental para melhorar essa manipulação de alimentos. “A legislação sanitária dá ferramentas para trabalhar de forma correta, uma vez que esse alimento deve estar próprio para consumo e em boas condições”, afirmou Ana Tereza.

– Publicidade –

Outros destaques