terça-feira, 7 de fevereiro de 2023

Presidente da Vale vai comandar o Conselho de Administração da Petrobras

O presidente da Vale, Murilo Ferreira, foi eleito em assembleia-geral ordinária dos acionistas da Petrobras,na última quarta-feira (29), para comandar o Conselho de Administração da empresa. Murilo comanda a Vale desde 2011, e substituirá o  ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega. Em março, Ferreira havia sido indicado pelo governo para a presidência do colegiado da estatal.

A assembleia também elegeu dez conselheiros: sete indicados pela União, um pelos acionistas minoritários ordinaristas, um pelos acionistas minoritários preferencialistas e outro pelos funcionários da empresa.

Os indicados pela União foram eleitos com 66,36% dos votos dos acionistas presentes. Do total, 5% votaram contra as indicações e 28,6% se abstiveram. Além de Ferreira, também foram eleitos como representante do governo na estatal o presidente da estatal, Aldemir Bendine, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, o advogado e o consultor Luiz Navarro, ex-secretário-executivo da Controladoria-Geral da União e ex-integrante do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf).

A assembleia elegeu ainda o diretor executivo do Comitê de Aquisições e Fusões (CAF), Walter Mendes de Oliveira Filho, para a vaga de membro indicado pelos ordinaristas minoritários, além do empresário Guilherme Affonso Ferreira para a vaga de membro designado pelos preferencialistas. A primeira reunião do Conselho de Administração da Petrobras está prevista para 15 de maio.

 

O governo também indicou para integrar o conselho, os nomes do economista e professor da Universidade de São Paulo (USP) Luiz Carvalho, do pesquisador da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Segen Estefen e do ex-diretor do Banco Central e da Fundação Getulio Vargas (FGV) Roberto da Cunha Castello Branco.

Eles substituíram na lista de indicados Ivan Monteiro, diretor financeiro da Petrobras, além do general do Exército Francisco de Albuquerque e do vice-presidente da Fundação Getulio Vargas, Sérgio Franklin Quintella, que estavam no colegiado há vários anos.

O novo representante dos trabalhadores é Deyvid Bacelar, coordenador do Sindicato dos Petroleiros (Sindipetro) da Bahia. Ele substitui Silvio Sinedino, da Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet).

– Publicidade –

Outros destaques