segunda-feira, 3 de outubro de 2022

Presidente do Sampaio critica arbitragem e promete representação após empate em 1×1 contra o Criciúma

Imagem: Ronald Felipe - Sampaio Corrêa

O Sampaio Corrêa entrou em campo contra o Criciúma no último sábado (17) e ficou no empate em 1×1 com o adversário. Porém, o tricolor teve dois gols do atacante Gabriel Poveda anulados pela arbitragem e tanto o elenco, torcida e diretoria ficaram na brinca com o árbitro.

O primeiro gol anulado foi logo aos quatero minutos de jogo. Depois de cobrança de escanteio de cabeceio forte a bola explode no travessão sobe e na volta Gabriel Poveda marca de peixinho. A bandeirinha sinalisou irregularidade alegando que a bola já tinha saído de campo e depois voltado.

O segundo gol foi com 30 minutos do segundo tempo quando Grabriel Poveda marcou um gol de bicicleta e mais uma vez a arbitragem interviu e alegou falta depois de um encontrão de Poveda com o zagueiro.

Por meio das redes sociais o presidente do Sampaio Corrêa, Sérgio Frota, em tom revoltado afirmou que vai representar os árbitros mesmo sabendo que não dará em nada o caso e seguiu falando sobre o prejuízo causado e a busca pela permanência na Série B.

“Em um jogo com grande atuação e domínio total do Sampaio, empate de 1×1 com o Criciúma (SC) em casa, com a participação decisiva no resultado do árbitro Ivan Guimarães Júnior e da assistente Anne Kesy, […] É impossível que nossos árbitros estejam em nível pior que os acima citados que não apitam nem campeonato amador […] Jogar contra 13 fica realmente difícil ganhar, e esses 3 pontos nos fariam pegar o elevador e estar hoje na 7ª posição na tabela, com nossa permanência praticamente assegurada. Vamos representar contra, mesmo sabendo que de nada adiantará.”, comentou o presidente.

O Sampaio volta à campo na sexta-feira (23) às 19h contra o Náutico fora de casa pela 31ª rodada da Série B.

– Publicidade –

Outros destaques