sábado, 20 de julho de 2024

Projeto incentiva a reciclagem há 12 anos e beneficia instituições filantrópicas

Dia 17 de maio é comemorado Dia da Reciclagem! E Incentivar a destinação correta dos resíduos sólidos e proporcionar sustentabilidade é o maior objetivo do projeto E + Reciclagem, da Equatorial Maranhão, que desde 2011 vem fazendo a diferença no estado. O projeto faz parte do Programa de Eficiência Energética, regulado pela ANEEL e da plataforma de sustentabilidade da distribuidora de energia.

Muitos benefícios socioambientais já foram alcançados por meio do E+ Reciclagem, pois o projeto colabora para diminuir os danos causados ao meio ambiente e promove ações voltadas para difundir a cultura da coleta seletiva, conscientização e a preservação ambiental.  Além disso, proporciona também descontos na conta de energia, de acordo com a quantidade e tipo de material reciclável. Esse desconto pode ser aplicado na conta de energia do cliente ou pode ser doado a uma instituição filantrópica.

A Fundação Antônio Jorge Dino, mantenedora do Hospital do Câncer Aldenora Bello, por exemplo, é uma das instituições maranhenses beneficiada com descontos na conta de energia desde o início do projeto em 2011, e até este ano já foram mais de 76 mil reais de desconto.

A Equatorial Maranhão, que tem como um de seus valores a Responsabilidade socioambiental, fomentando a reciclagem e estimulando a doação de bônus para instituições sociais, assumiu o compromisso com a agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Dentre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), está a Ação Contra a Mudança Global do Clima que foca, entre outros fatores, no combate à poluição em todos os meios.

Para o Analista de Projetos de Eficiência Energética da Equatorial Maranhão Luís Emílio Filho, esse programa é muito significativo para a ampliação da reciclagem no estado, oportunizando formas práticas para a população inserir a reciclagem na rotina. “É muito importante conscientizar, incentivar e trazer projetos que possibilitem a população a destinar corretamente esses materiais que podem ser reciclados. Essa ação da Equatorial é um importante avanço e reforça a utilização de práticas sustentáveis para a preservação do planeta, que é uma responsabilidade de todos nós”, pontuou Emílio.

Quanto vale seu lixo?

Já são mais de 196 mil clientes cadastrados em 12 anos de existência do projeto. Essas pessoas reciclaram mais de 40 mil toneladas dos diversos tipos de materiais aceitos, como o papel, plástico, metal, embalagens Tetra Pak e óleo de cozinha. Os resíduos se converteram em descontos na conta de energia de muitas casas e instituições sem fins lucrativos, somando mais de R$ 2 milhões de reais em descontos em contas de energia.

Mais de 29 mil toneladas de papel foram recicladas, isso equivale a 1.163.737 árvores que deixaram de ser cortadas e proporcionou a economia de 930.989 metros cúbicos de água. E as mais de 7 mil toneladas de plástico recicladas ajudaram a economizar 38.259.870 Megawatt hora de energia elétrica.

Somente em 2023, até o início de abril, mais de 1.300 toneladas de resíduos já foram coletadas, gerando quase R$ 87 mil em descontos na conta de energia. Além disso, desde fevereiro, o E+ Reciclagem passou a receber vidro, totalizando em menos de três meses mais de 6 toneladas de vidro reciclado. Esses números são muito animadores e provam que as pessoas que decidiram aderir à coleta seletiva por meio do E+ Reciclagem são grandes responsáveis pela contribuição à sustentabilidade do nosso estado, ajudando a construir um ecossistema mais saudável e um meio ambiente menos poluído.

Por enquanto, somente os postos de São Luís estão recebendo vidro. Os clientes que desejarem entregar seus vidros podem se dirigir até os postos de coleta nas unidades localizadas na sede da Equatorial Maranhão, no Centro Elétrico da Avenida Guajajaras, no Supermercado Mateus da Cohab e na Lagoa da Jansen. A intenção é que até o final do ano todos os postos do programa estejam aptos a receber o vidro.

Como participar do E + Reciclagem?

  1. Separe os resíduos (limpos e secos);
  2. Procure um dos postos de coleta com o número da conta contrato (unidade consumidora) em mãos;
  3. Leve os resíduos ao posto de coleta e faça sua troca;
  4. O bônus referente ao seu resíduo virá na próxima conta de energia.  Se preferir, você pode escolher uma instituição filantrópica para doar os seus bônus. Desta forma, as instituições somam várias doações e muitas vezes recebem a conta paga (zerada) no final do mês.

Confira os materiais recebidos nos postos de coleta do projeto:

  • Resíduo orgânico: óleo de cozinha;
  • Papel em geral: livros, revistas, encartes, jornal, papelão, etc.;
  • Plástico: PET, plástico duro (embalagens de cosméticos, por exemplo), plástico filme, PVC, canos e forros, etc.;
  • Material eletrônico: celulares, placas eletrônicas, televisor, aparelho de som e computador (exceto pilhas e baterias);
  • Metal: aço inox, alumínio, ferro, bronze e chumbo (baterias de carro, por exemplo);
  • Embalagens Tetra Pak (caixinhas de leite, ervilha, creme de leite, extrato de tomate, etc.);
  • Vidro: garrafas (cervejas, vinhos, sucos, destilados, etc.); copos e pratos; potes de conserva (palmito, azeitona, geleia, etc.); embalagens de vidro (azeite, mel, vinagre balsâmico, etc.); embalagens de esmalte (sem tampa).

Onde levar os materiais recicláveis?

Atualmente, além do Maranhão, o projeto atua em outros estados de concessão da Equatorial Energia: Pará, Piauí e Alagoas. Aqui no estado, são 17 pontos de coleta, sendo 7 postos fixos em São Luís, 1 em Timon, 1 em Caxias e 3 em Imperatriz. Outros 5 postos itinerantes (móveis) funcionam em São Luís em parceria com associações em bairros distintos. Consulte todos endereços e horários de funcionamento em www.equatorialenergia.com.br ou direto pelo link https://ma.equatorialenergia.com.br/locais-de-coleta/.

– Publicidade –

Outros destaques