terça-feira, 4 de outubro de 2022

Projeto Negritude Atitude recebe a antropóloga Lurdinha Siqueira

Na próxima sexta, 27, às 19h, estreia o segundo episódio do Negritude Atitude, com a antropóloga, pedagoga e professora universitária aposentada Maria de Lourdes Siqueira. Com doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (Paris) e pós-doutorado pela SOAS da Universidade de Londres e pela Universidade de Pretória, Lurdinha Siqueira publicou, dentre outros, À flor da pele: história dos mundos por onde andei (2018), N’Assysim: saberes africanos no Brasil (2010) e Siyavuma: uma visão africana do mundo (2006).

O Negritude Atitude é um projeto criado pela historiadora Paula Porta que reúne personalidades de diversas gerações e áreas de atuação para falar sobre a atualidade e sentidos do conceito de Negritude. “Os depoimentos trazem reflexões profundas. Nossa expectativa é que os vídeos contribuam para fortalecer e instigar os jovens. Que cheguem àqueles que logo irão se deparar com essa sociedade disfuncional, em que a maioria da população é destratada e sujeita a violências de todo tipo por conta de suas características físicas. É preciso saber mais sobre experiências, trajetórias, pensamento e produções da população preta para compreender o quanto o racismo nos atrapalha e faz desperdiçar talentos e energia criadora”, destaca Paula.

Para o co-diretor e responsável pela fotografia, Jonas Pires, o projeto “é de grande importância para nosso povo, 76% da população maranhense é negra! Sabemos quanto temos que batalhar para chegar a algum lugar e o enfrentamento, a educação e a consciência são necessárias para avançar! O audiovisual pode ir longe e é uma ferramenta poderosa contra a opressão e a desigualdade”.

O episódio poderá ser assistido no Youtube e no Instagram do CCVM.

– Publicidade –

Outros destaques