Queda do teto do Castelinho gera vistoria em outros ginásios


Trabalhos para a retirada de material e reconstrução da cobertura (Foto: Gilson Teixeira)

Equipes de trabalho retiraram na quinta-feira (7), materiais do Ginásio Castelinho, onde parte da cobertura desabou nesta semana após fortes chuvas. A retirada do material é a etapa que antecede a reconstrução do teto.

Entre os itens retirados, estavam documentos guardados no local e o material de treino do Sampaio Basquete. O trabalho está sendo acompanhado pelo Corpo de Bombeiros, a fim de preservar a segurança no local.

Pela manhã, foi feita uma vistoria no local junto a empresa especializada em estruturas metálicas. Participaram equipes da Secretaria de Esportes e Lazer (Sedel), Secretaria de Infraestrutura (Sinfra) e Corpo de Bombeiros (CBMMA).

No início da tarde, foi feito uma reunião para definir os passos seguintes. E, no fim da tarde, começou a retirada do material.

“Por determinação do governador Flávio Dino, nós estivemos aqui logo após a ocorrência e tomamos todas as medidas necessárias, inclusive de segurança. Hoje já estamos novamente aqui para iniciar os procedimentos de desmonte do que resta da cobertura que cedeu, além de alinharmos a programação para início da obra de recuperação do Ginásio”, explicou o titular da Sedel, Rogério Cafeteira.

Além das equipes da Sinfra, Sedel e Corpo de Bombeiros, o Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim-MA) e a Defesa Civil do Estado também estão atuando para identificar as causas do desabamento e dar o suporte necessário à recuperação do espaço.

O tenente-coronel Wellington Reis, do CBMMA, explicou que a perícia técnica ainda não descartou nenhuma possibilidade para as causas do desabamento. “No momento, não podemos descartar nenhuma possibilidade, por essa razão iniciamos o aprofundamento da perícia técnica, com apoio do Icrim”, afirmou.

Obra

A Secretaria de Infraestrutura mobilizou uma empresa especializada em estruturas metálicas similares ao do teto do ginásio Costa Rodrigues para fazer o diagnóstico do local e operar a retirada dos escombros, além de limpeza da área.

“Nós estamos mobilizados e vamos iniciar imediatamente a limpeza da área para que o equipamento seja recuperado”, afirmou o secretário Clayton Noleto.

“Estamos com um planejamento bem definido, bem sincronizado com atuação de secretarias e órgãos de governo para que o mais rapidamente possível o Castelinho seja novamente colocado à disposição da população”, acrescentou.

Outras vistorias

Outros equipamentos esportivos também serão vistoriados no Maranhão. “Conversei com o secretário Clayton e o comandante do Corpo de Bombeiros para que a gente possa traçar uma parceria no sentido de vistoriarmos outras praças esportivas, principalmente o Costa Rodrigues, que vai acabar recebendo a maior parte dos jogos que aconteceriam no Castelinho” afirmou Rogério Cafeteira.

“Sem esquecer os outros ginásios menores que são de extrema importância porque vão ser muito utilizados pela sociedade, pelos atletas e pelos desportistas”, acrescentou.