domingo, 25 de setembro de 2022

Rebelião! Sete presos tentam matar outros dois detentos em presídio

A Polícia Civil prendeu em flagrante sete pessoas por uma tentativa de duplo homicídio em Bacabal.

De acordo com informações, as sete pessoas foram presas pelos crimes de tentativa de duplo homicídio qualificado por motivo torpe, racismo por orientação sexual e identidade de gênero, motim de presos e associação criminosa.

Os indivíduos iniciaram o motim e atentaram contra a vida de dois internos na Unidade Prisional de Bacabal, por supostamente, ambos ter tido relações sexuais homoafetivas dentro das dependências de uma das celas.

Os suspeitos, em comum acordo, tentaram matar as vítimas, o que não ocorreu por circunstâncias alheias à vontade deles mesmos.

Inicialmente, os detentos utilizaram barras de ferro para tentar matar as vítimas, que conseguiram se desvencilhar e correram em direção à grade de saída do pavilhão pedindo ajuda aos policiais penais.

Os policiais penais, utilizaram procedimentos não letais conseguiram impedir que houvesse a esganadura das vítimas e o esmagamento de seus corpos.

Os conduzidos, utilizaram de colchões e blocos de concreto utilizados nas bases das camas das celas para imprensar as vítimas e asfixiá-las contra as grades do Pavilhão B do referido presídio.

Diante da quantidade de concreto que pressionavam os corpos das vítimas, o Corpo de Bombeiros e o Samu foram acionados. O Corpo de Bombeiros cortou algumas barras das grades que dão acesso à saída do pavilhão para que pudessem salvar a vida de ambas as vítimas.

Uma vez que não conseguiram ceifar a vida das vítimas, iniciaram a rebelião na referida UPR, tendo sido contida pela polícia penal.

Identificados os autores, foram encaminhados à Delegacia Regional de Bacabal para os procedimentos, tendo sido realizado o flagrante e representado pela prisão preventiva de todos os envolvidos nos crimes em tela.

O procedimento na delegacia terminou às 5h da manhã desta segunda-feira.

– Publicidade –

Outros destaques