quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

Rede pede cassação de Josimar de Maranhãozinho no Conselho de Ética

Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

A Rede Sustentabilidade foi ao Conselho de Ética da Câmara dos Deputados contra Josimar de Maranhãozinho (PL), após serem vazadas imagens do deputado com maços de dinheiro vivo supostamente advindos de um esquema de corrupção. O partido pede a cassação do parlamentar por quebra de decoro.

A representação foi assinada pelos senadores Randolfe Rodrigues e Fabiano Contarato e pela deputada Joênia Wapichana, e pela porta-voz nacional do partido, Heloísa Helena.

A ação ocorre após a publicação de uma matéria da Revista Crusoé, onde foram divulgadas as imagens em questão. De acordo com a Polícia Federal, Maranhãozinho estaria participando de um esquema apelidado “feirão de emendas”, que envolve emendas parlamentares destinadas à saúde durante a pandemia, prefeituras aliadas e empresas de fachada. O escritório do parlamentar em São Luís estaria funcionando como “bunker” de milhões de reais.

A PF cumpriu mandado de busca e apreensão no dia 1 deste mês em quatro municípios do estado.

No Instagram, Josimar se defendeu, afirmando ser uma tática para “sujar sua imagem”, e questionou a obtenção ilegal das imagens. “Eles estão desesperados porque nós já estamos provando desde o ano passado a origem das nossas propriedades, porque tudo que nós temos é declarado, inclusive esse dinheiro”, declarou.

Josimar é pré-candidato ao Governo do Maranhão em 2022.

– Publicidade –

Outros destaques