quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Roberto Jefferson é condenado por homofobia contra Eduardo Leite

Presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson foi condenado pela Justiça do Rio Grande do Sul a pagar R$ 300 mil por declarações homofóbicas contra o governador do estado, Eduardo Leite (PSDB). A decisão foi publicada ontem (10) e a defesa de Jefferson afirma que irá recorrer.

O ex-deputado foi condenado por duas declarações ofensivas a Leite em março deste ano — uma no Twitter e outra em entrevista a uma rádio de Porto Alegre.

Segundo o juiz Ramiro Oliveira Cardoso, que acatou a denúncia do Ministério Público contra Jefferson, as afirmações do ex-deputado fogem do âmbito privado e atingem “uma gama de pessoas”. Para ele, trata-se de “ofensa repugnante, inadmissível e odiosa”.

O magistrado também observou que o direito à liberdade de expressão encontra limites ao ferir a dignidade alheia.

– Publicidade –

Outros destaques