segunda-feira, 12 abril, 2021
Início Capa Rodoviários e empresários não chegam a um consenso e novo encontro está...

Rodoviários e empresários não chegam a um consenso e novo encontro está marcado para a próxima terça (16)

Na manhã desta sexta-feira (12), aconteceu mais uma rodada de negociação entre Rodoviários e empresários. O encontro foi na Secretaria de Trânsito e Transportes (SMTT) e ainda contou com a presença dos representantes do Município e da Agência de Mobilidade Urbana (MOB).

O Secretário da SMTT, Cláudio Ribeiro, mediou a conversa e destacou que é fundamental, que ocorra um entendimento entre as partes. Os patrões insistem na alegação de dificuldades enfrentadas desde o ano passado, por conta da pandemia da Covid 19. Por sua vez, os Rodoviários não abrem mão da manutenção de direitos fundamentais e da adoção de medidas, visando garantir melhores condições de trabalho a categoria.

Desde o ano passado, o Sindicato dos Rodoviários do Maranhão encaminhou ao SET, a proposta da nova Convenção Coletiva de Trabalho, com vigência para 2021. Entre outros pontos, os Rodoviários exigem: Reajuste salarial de 10%; Aumento do ticket alimentação, alcançando o valor de 800,00 mensais; Concessão do plano de saúde para o trabalhador e mais um dependente e permanência da atividade de cobrador no sistema de transporte público.

Na oportunidade, Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários, também exigiu que sejam imediatamente instaladas telas protetoras dentro dos coletivos, como forma de garantir a segurança de motoristas e cobradores. A medida tem como objetivo, afastar os riscos de contaminação dos Rodoviários pela Covid 19.

Como não se chegou a um consenso, um novo encontro entre Rodoviários e patrões está marcado para acontecer na próxima terça-feira (16), na SMTT. “O SET alega prejuízos causados pela pandemia, mas se esquece que desde o ano passado, nossa categoria está exposta aos riscos de contrair a doença. Muitos de nós tiveram a Covid 19, alguns acabaram perdendo a vida. Diante de todas as dificuldades que continuamos enfrentando, já que a pandemia ainda não acabou, merecemos mais respeito e ter os nossos direitos garantidos”, afirma Marcelo Brito, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

- Publicidade -
Categorias relacionadas:
- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -