quinta-feira, 6 de outubro de 2022

Saiba como cadastrar a residência de quem necessita de aparelho para manutenção da vida

Tratamentos ou procedimentos médicos que requerem a utilização contínua de aparelhos elétricos devem possuir cuidado redobrado. Os clientes da Equatorial Maranhão que utilizam aparelhos para manutenção da vida ligados à energia elétrica têm prioridade no atendimento das equipes de prontidão da distribuidora em caso de interrupções momentâneas, e precisam informar à Distribuidora sobre sua condição especial.
A concessionária de energia do Maranhão alerta sobre a importância do cadastramento para o atendimento especial de residências habitadas por pessoas que utilizam equipamento elétrico para manutenção da vida.

O cadastro tem como objetivo facilitar a comunicação entre a empresa e o cliente responsável pela unidade consumidora sobre avisos preferenciais e antecipados de desligamentos programados do fornecimento de energia para evitar prejuízos ao funcionamento dos aparelhos elétricos que preservam a vida do usuário.

O formulário para o cadastro está disponível no site www.equatorialenergia.com.br, na aba solicitação e serviços, em Aparelho para manutenção da vida. O consumidor deve preencher o formulário contendo documentos do titular do imóvel, dados do paciente, a conta contrato, o prazo estimado para utilização do aparelho, descrição da necessidade da utilização do aparelho, e laudo médico com carimbo e assinatura do médico. Vale lembrar que geladeira/refrigerador usados para guardar medicamentos ou insulina e inaladores não são aceitos no cadastro.

TARIFA SOCIAL

Se a pessoa também estiver inscrita no Cadastro Único e possuir renda mensal de até 3 (três) salários mínimos, a família também pode se cadastrar na Tarifa Social de Energia Elétrica, um benefício concedido pelo Governo Federal que dá descontos de até 65% na conta de energia a depender da faixa de consumo da residência.

Veja aqui quais equipamentos são entendidos como vitais, quando somados à condição clínica do usuário:

· Aspiradores de secreções;
· Respiradores ou ventilador pulmonar;
· Monitores de parâmetros vitais;
· Equipamentos de Diálise Peritoneal Automática, que podem ser encontrados nas seguintes modalidades: Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua (CAPD), Diálise Peritoneal Noturna (NIPD) e Diálise Peritoneal Contínua por Cicladora (CCPD);
· Aparelho de Quimioterapia;
· Concentrador de Oxigênio;
· Bomba de infusão;
· Oxímetro;
· CPAP e BIPAP;
· Situações especiais com base na avaliação médica.

DICAS DE SEGURANÇA

Ter um gerenciador portátil de energia (No Break) – aparelho utilizado para alimentar o respirador enquanto houver a interrupção no fornecimento de energia elétrica. Sua alimentação é feita por meio de uma bateria que é carregada, enquanto há fornecimento de energia elétrica. Portanto, é imprescindível manter este aparelho sempre ligado na tomada.
Ter três ou quatro pontos de energia elétrica (tomadas) para evitar ligar vários equipamentos em um único local.
Dispor de Filtro de Linha – utilizado para proteger os equipamentos de possíveis oscilações na rede elétrica, além de possibilitar a expansão do número de tomadas disponíveis.
Estabilizadores de Energia – responsáveis por proteger os equipamentos e corrigir possíveis oscilações na corrente elétrica, fornecendo assim uma alimentação estável e segura aos equipamentos.

Fonte: Ascom

– Publicidade –

Outros destaques