quinta-feira, 5 dezembro, 2019
Início Assista Agora Secretário Municipal de Governo explica como empréstimos são utilizados

Secretário Municipal de Governo explica como empréstimos são utilizados

O momento foi para informar quais serviços estão sendo feitos pela Prefeitura de São Luís nos bairros da capital. Nos últimos dois anos, a Câmara autorizou dois empréstimos à Prefeitura de São Luís que chegam a R$ 40 milhões. Na época, foi informado que todo valor seria aplicado para executar obras na cidade como a reforma de ruas, avenidas e praças.

O Secretário Municipal de Governo, Pablo Rebouças, foi convocado pelos parlamentares da Câmara de Vereadores de São Luís justamente para informar como esse recurso está sendo utilizado. A solicitação foi feita pelo vereador Ricardo Diniz.

“A Câmara Municipal se coloca, uma das suas prerrogativas, que é justamente obter informações de onde esse dinheiro será investido. A população nos cobra diariamente nos bairros, por onde nós andamos, e sempre dizem ‘vereador, cadê o asfalto? quando é que vai chegar o asfalto?’, então por uma questão republicana, como eu disse, como faz parte das funções do vereador, convocamos o secretario Pablo Rebouças, que é o secretario de Governo que conhece todas as políticas que serão implementadas nas suas respectivas secretarias, para que traga esse esclarecimento”, disse Ricardo Diniz (PRTB).

Questionado, o Secretário informou que não há um cronograma de obras, devido alguns fatores como processo licitatório das empresas e as condições climáticas que vão indicar quando cada serviço vai ser realizado. Pablo Rebouças informou ainda que do valor de R$340 milhões que estava autorizado, a Prefeitura utilizou apenas R$233 milhões.

“As obras tem cronograma planejado, dentro do seu contrato de trabalho com os bancos. Evidentemente como ainda estão sendo licitadas, esse cronograma só vai poder ser feito de forma definitiva após o encerramento das licitações. É quando nós vamos exatamente saber como será feito o trabalho das empresas que irão ganhar”, explicou Pablo Rebouças, Secretário Municipal de Governo.

Até agora cerca de R$28 milhões foram aplicados em obras de recapeamento asfáltico. Dos valores obtidos pelos empréstimos, a Prefeitura ainda tem disponível cerca de R$205 milhões. A previsão é que nos próximos meses, outros serviços sejam desenvolvidos na cidade.

Nas últimas semanas, os serviços de pavimentação chegaram em alguns bairros como: Vinhais, Cohatrac, São Cristóvão e Angelim, mas os vereadores querem que o asfalto chegue em outras comunidades e principalmente, na zona rural.

Confira de reportagem de Eduardo Gomes

- Publicidade -

Mais recentes

- Publicidade -