terça-feira, 4 de outubro de 2022

Secretário municipal de Transporte diz não ter sido consultado sobre reajuste da passagem

Diego Baluz. Foto: Luís Carlos/TV Guará

O secretário de Transporte de São Luís, Diego Baluz, esteve na Câmara de Vereadores nesta quinta-feira (17). Convocado pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Público, anunciou que não foi procurado para tratar sobre um possível aumento no preço da passagem.

Leia também: Passagem de ônibus pode subir para R$4,90 sem auxílio da prefeitura

“Em nenhum momento foi tocado comigo qualquer tratativa de reajuste. A gente fez um acordo em novembro que a gente garantiu aproximadamente R$4 milhões mensais para auxiliar o transporte público, e tudo que foi garantido naquele momento a Prefeitura vem fielmente cumprindo”, afirmou.

O Auxílio Emergencial foi a resolução encontrada pela Prefeitura de São Luís para encerrar a greve ocorrida em novembro do ano passado, que durou 12 dias, sem ter que recorrer ao reajuste. Neste mês, o executivo municipal resolveu prorrogá-lo por dois meses.

Mesmo com o auxílio, o Sindicato das Empresas de Transporte (SET) afirma não ter orçamento o suficiente para atender à reivindicação dos rodoviários. A expectativa é que a passagem aumente para R$4,20 com a manutenção do auxílio da prefeitura. Sem ele, o preço pode chegar a R$4,90.

– Publicidade –

Outros destaques