Segue investigações sobre o assassinato do motorista de aplicativo Edimilson Azevedo

Segundo o delegado, uma das linhas de investigações do caso é que o alvo poderia ter sido os passageiros do veículo. O motorista foi morto a tiros no bairro da liberdade no domingo (6). Segundo o delegado, um dos passageiros prestou depoimento nesta quinta-feira, e foi preso, porque contra ele havia um mandato de prisão por roubo.