sábado, 23 de outubro de 2021

Auxílio Combustível Governo do Maranhão

Segundo ônibus pega fogo em menos de uma semana em São Luís

Segundo ônibus pega fogo em menos de uma semana em São Luís
Foto: Reprodução
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Na noite da quarta-feira (22), um ônibus da linha São Raimundo-Rodoviária pegou fogo na Avenida Beira Mar, próximo ao bairro São Francisco, em São Luís. Na sexta-feira da semana passada (17), apenas cinco dias antes, outro veículo pegou fogo no bairro do Monte Castelo.

Na quarta, o ônibus começou a pegar fogo por volta das 19h30. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a causa teria sido um problema mecânico inicialmente no motor. Em nenhum dos dois casos, houve feridos.

De acordo com nota divulgada pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), o veículo que se incendiou na Beira Mar é do ano de 2013 e “está nos padrões exigidos pela Lei Municipal nº 3.430”.

De acordo com o artigo 33 da lei citada, decretada em 1996, “não serão admitidos em operação veículos com mais de 7 (sete) anos de fabricação, os quais deverão ser substituídos por veículos com, no Máximo 5 (cinco) anos de vida útil”. O decreto nº 47873, de 2016, modificou este prazo. O artigo 14 diz que a idade máxima da frota não deverá ser superior a 10 anos para veículos convencionais e 12 anos para veículos articulados.

O Portal Guará entrou em contato com a SMTT para questionar sobre a data da última manutenção dos veículos e aguarda resposta.

Veja a nota na íntegra:

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) informa que vai apurar as causas do incêndio no coletivo que fazia linha São Raimundo-Rodoviária, ocorrido na noite desta quarta-feira (22), na Avenida Beira-Mar, Centro.

Agentes de trânsito isolaram o local e fazem o controle do fluxo de veículos até a retirada do coletivo, que será recolhido ao pátio da Secretaria.

Todos os passageiros foram retirados em segurança e a empresa já foi acionada para fazer a reposição imediata da linha.

A SMTT informa ainda que o veículo, do ano de 2013, pertence ao consórcio Upaon Açu e está nos padrões exigidos pela Lei Municipal nº 3.430.

– Publicidade –

Outros destaques