Suspeito de assassinar motorista de Uber é preso

PorRedação

Foto: Divulgação

Lucio Johannes Martins Mota, de 20 anos, suspeito de matar o motorista Emilson Pimenta Azevedo no dia 6 de janeiro, foi preso na manhã desta quarta-feira (11) e foi apresentado pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).

O crime aconteceu no bairro da Liberdade. Depois de deixar uma passageira, Emilson, que era motorista no aplicativo Uber, foi atacado por criminosos que atiraram no seu carro. Ele levou três tiros e chegou a ser levado ao Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), mas não resistiu aos ferimentos.

O autor dos disparos teve um atrito com um dos passageiros, identificado como Sonny Anderson, e por isso perseguiu o veículo, efetuando disparos de arma de fogo desde o Apeadouro. A prisão foi realizada na Rua do Chafariz, bairro de Fátima, onde o suspeito reside.