segunda-feira, 22 de julho de 2024

Suspeito de satanismo é preso no Rio de Janeiro, após matar uma pessoa em São Luís

A Polícia Civil, por intermédio da da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa/SHPP, em parceria com a Polícia Civil do estado do Rio de Janeiro, na madrugada desta quinta-feira (8), efetuaram o recambiamento de um homem que é autor do crime de Latrocínio (Roubo Seguido de Morte), em que foi vítima uma idosa Joana Maria Diniz, de 66 anos.

O crime aconteceu no dia 27 de Maio de 2020, ocasião em que o autor utilizou-se de uma escada pra acessar a residência da vítima e praticar o delito.

A vitima foi estrangulada com um pano de prato tendo sido encontrada sem vida no chão do quarto, na rua capricórnio, cidade Operaria.

Durante as investigações verificou-se que o autor fazia pequenos serviços pra vitima e mantinha em seu quarto imagens e símbolos relacionados ao ocultismo e satanismo.

No decorrer da investigação foi representado pela Prisão Preventiva do autor o qual encontrava-se foragido até ser preso no Rio de Janeiro.

– Publicidade –

Outros destaques