terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Técnica de enfermagem é presa por fazer mais de 40 abortos em jovens e adolescentes

A Polícia Civil fechou uma clínica clandestina de aborto, no bairro do Lira, em São Luís. A Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) cumpriu mandado de prisão preventiva contra uma técnica de enfermagem, que mantinha, em sua residência, uma clínica de aborto clandestino.

Durante as investigações constatou-se que a mulher fez cerca de 40 abortos, no curto período de três meses.

Entre as vítimas estão uma adolescente e mulheres que vieram em cidades do interior do estado. Em interrogatório a investigada narrou que já atuava na atividade ilegal há cerca de cinco anos.

Razão da provas colhidas, foi pedido por mandado de prisão preventiva contra a mulher.

– Publicidade –

Outros destaques