terça-feira, 28 de junho de 2022

G10 Editora

Termina prazo para defesa de Victor Yan apresentar provas sobre acidente

Acidente grave registrado no dia 8 de setembro vitimou cinco pessoas (Foto: Reprodução)

Termina nesta quinta-feira (17), o prazo para a defesa de Victor Yan apresentar as alegações, que incluem provas e testemunhas, sobre o grave acidente que aconteceu no dia 8 de setembro, no bairro Jaracati, que deixou cinco pessoas mortas. Victor Yan está sendo acusado pelo Ministério Público como autor dos cinco homicídios. Todos dolosos.

Além disso, a acusação é de quem ele foi responsável por nove lesões corporais e danos aos moradores da comunidade. “O que nós defendemos é que houve o dolo eventual. Ele, consciente de que não deveria dirigir depois de beber, assumiu a condução do veículo e também a responsabilidade de assumir o risco do resultado morte”, explicou Agamenon Almeida, promotor da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Victor Yan dirigia o veículo quando perdeu o controle e causou um acidente que matou cinco pessoas (Foto: Reprodução)

De acordo com a Justiça, a demora no cumprimento do prazo, seria proposital, para gerar “excesso de prazo”.  “Caso a defesa do réu não apresente a defesa escrita, nós vamos notificar o réu para que ele se manifeste ou constitua outro advogado. Caso contrário, será nomeado um defensor público para apresentar essas alegações preliminares”, categorizou Gilberto Lima, juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri.

Victor Yan está internado desde o dia 8 de setembro, dia do acidente, em um hospital particular de São Luís. Recentemente, ele foi submetido a uma cirurgia na coluna. O Ministério Público vai exigir do hospital uma data prevista para a alta do paciente, que deverá sair de lá diretamente para o complexo penitenciário de Pedrinhas.

– Publicidade –

Outros destaques