domingo, 4 de dezembro de 2022

TJMA instaura processo para investigar irregularidades na folha de pagamento

O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) decidiu instaurar Processo Administrativo Disciplinar (PAD) contra a servidora Claudia Maria da Rocha Rosa, acusada da prática de irregularidades na folha de pagamento do Poder Judiciário. A decisão, da presidente da corte, desembargadora Cleonice Freire,foi aprovada por unanimidade na sessão administrativa desta quarta-feira (17).

Na abertura da sessão, a desembargadora comunicou a abertura do PAD e o afastamento preventivo da servidora do cargo efetivo de auxiliar judiciário,enquanto responder ao processo que irá apurar, no âmbito do Judiciário, a responsabilidade pelas irregularidades verificadas na folha de pagamento.

A desembargadora submeteu a decisão pelo afastamento da servidora das funções à apreciação do órgão especial, sendo seguida à unanimidade dos desembargadores presentes. E designou à desembargadora Anildes Cruz, vice-presidente, a condução do processo investigatório.

Conforme o Estatuto dos Servidores Públicos Civis, a autoridade instauradora do procedimento disciplinar poderá ordenar o afastamento do servidor do cargo como medida cautelar – sem prejuízo de sua remuneração-, a fim de que não venha a influir na apuração da irregularidade.

FRAUDE– a servidora Cláudia Rosa foi exonerada do cargo em comissão de chefe da Divisão da Folha de Pagamento no dia 11 de setembro, pela presidente Cleonice Freire, após constatada a prática de adulteração dos valores dos seus vencimentos no sistema de processamento da folha de pessoal do Judiciário.

 

Divulgação TJ-MA

– Publicidade –

Outros destaques